terça-feira, 10 de outubro de 2017

Prof. Dr. Ricardo Felício desfaz mito do "Aquecimento Global"

9 anos do nosso blog "Criacionista pela Fé e Pela Razão"


Hoje, 10 de outubro de 2017, comemoramos 9 anos de existência do nosso blog "Criacionista pela Fé e pela Razão", ou "Criacionista Consciente", como queira. Agradeço a cada um que acompanha o blog e tem paciência quando estou sem tempo pra postar aqui nossos materiais relacionados à controvérsia criacionismo X evolucionismo e temas afins ao cristianismo. Começamos em 10 de outubro de 2008, ainda quando eu estava na faculdade de Geografia da UEM, onde senti a necessidade de fazer estudos além dos da faculdade sobre as origens da Terra, da vida e do Universo, pois só via "uma lado do moeda" na faculdade (o evolucionista). Nesses 9 anos, venho cada dia mais tendo certeza de que o criacionismo bíblico é a verdade, pois emana do Criador dos Céus e da Terra, Jesus, que deu Sua vida para nos resgatar da queda no pecado, se tornando também nosso Salvador. Além de ser o Deus que se manifesta por meio de Sua criação, conforme venho postando aqui evidências. Seja sempre bem vindo(a) ao nosso blog! André Luiz Marques, editor.

Católicos e Luteranos assinam declaração conjunta de reconciliação


LUND, Suécia — Os líderes das igrejas Católica e Luterana assinaram nesta segunda-feira uma declaração conjunta durante um ato ecumênico que dá início às comemorações dos 500 anos da cisma que dividiu o cristianismo no Ocidente. O documento, considerado histórico, destaca que o que une as duas religiões é maior do que o que as divide. O Papa Francisco aproveitou a oportunidade para reconhecer aspectos positivos da Reforma liderada por Martinho Lutero, num gesto de reconciliação.

“Por meio do diálogo e do testemunho compartilhado nós não somos mais estranhos distantes. Pelo contrário, nós aprendemos que o que nos une é maior do que o que nos divide”, diz a declaração. “Enquanto estamos profundamente agradecidos pelos dons espirituais e teológicos que recebemos pela Reforma, nós também confessamos e lamentamos perante Cristo que Luteranos e Católicos feriram a unidade visível da Igreja. As diferenças teológicas foram acompanhadas por preconceitos e conflitos, e a religião foi instrumentalizada para fins políticos”.

Esta é a primeira viagem de um Papa para a Suécia em quase três décadas. Francisco participou de uma missa conjunta na Catedral Luterana de Lund, que foi confiscada dos católicos no século XVI. Em 31 de outubro de 1517, o monge católico alemão Martinho Lutero pregou suas “95 teses” na porta de uma igreja em Wittenberg, no sul de Berlim, com críticas à Igreja Católica pela corrupção de Roma, incluindo a venda de privilégios eclesiais e indulgências, nepotismo e usura.

Lutero e seus seguidores foram excomungados, o que provocou a cisma no cristianismo no Ocidente. A disputa entre católicos e protestantes gerou batalhas em diversos países europeus, incluindo a Guerra dos 30 Anos, que provocou cerca de 8 milhões de mortes.

— Devemos olhar nosso passado com amor e honestidade e reconhecer nossa culpa e pedir perdão — disse o Papa, em homilia.

Durante a cerimônia, o cardeal católico suíço Kurt Koch recordou “os fracassos” dos católicos e luteranos que “provocaram a morte de centenas de milhares de pessoas”.

— Lamentamos o dano causado mutuamente por católicos e luteranos — acrescentou.

A Igreja Católica também homenageou a contribuição de Lutero:

— Com gratidão, reconhecemos que a Reforma contribuiu para dar um papel central à santa escritura na vida da Igreja — declarou Francisco. — Não podemos nos resignar à divisão e ao afastamento que a separação provocou entre nós. Temos a ocasião de reparar um momento crucial de nossa história, superando as polêmicas e mal entendidos que impediram o entendimento entre nós.

DIÁLOGO DIFÍCIL

Em um longo sermão, o pastor Martin Junge, secretário-geral da Federação Luterana Mundial, que organiza o evento, também considerou que este "momento histórico" é uma oportunidade para que católicos e luteranos "se distanciem de um passado marcado pelo conflito e a divisão".

— Nós nos damos conta de que aquilo que nos une supera com folga o que nos divide. Somos brotos da mesma videira — reforçou, lamentando a fragmentação dos cristãos.

Ainda assim, mesmo com a declaração conjunta assinada pelo papa e pelo presidente da Federação Luterana Mundial, o bispo palestino Munib Yunan, persistem desacordos doutrinários: a simbologia muito diferente em torno da eucaristia.

Mais tarde, foi celebrado um encontro ecumênico em um estádio de Malmö, cuja renda será destinada a refugiados sírios.

A organização humanitária católica Caritas e sua equivalente luterana, o Serviço Mundial da Federação Luterana Mundial, assinaram uma declaração conjunta com a finalidade de desenvolver sua cooperação, sobretudo para ajudar os migrantes.

Os organizadores deram a palavra a sobreviventes de países em guerra, como Burundi e Sudão do Sul. O bispo caldeu de Aleppo, na Síria, Antoine Audo, deu um dos testemunhos mais impactantes. "A maioria dos hospitais foi destruída e 80% dos médicos abandonaram Aleppo. Na Síria, três milhões de crianças não vão à escola", disse, alertando para o iminente desaparecimento da comunidade cristã naquele país.

Da Suécia, uma terra de asilo para muitas pessoas, o papa agradeceu a "todos os governos que dão assistência aos refugiados, aos deslocados e a quem pede asilo", "um grande gesto de solidariedade e reconhecimento de sua dignidade".

Fonte: O Globo

Nota: "O que nos une é maior do que o que nos divide", "Acabou o protesto", disseram eles. Bom, acabou foi é a fidelidade a Deus. A Igreja Católica não concorda com nenhuma das 95 teses de Martinho Lutero (fora outras doutrinas como a guarda do sábado e o ministério de Jeses no Santuário Celestial etc.). Como assim o protesto teria acabado? Na verdade, isso é cumprimento profético, o ecumenismo em detrimento às verdades bíblicas, e perseguição a quem sustentar a verdade da Palavra de Deus, os que guardarem os mandamentos de Deus e o testemunho de Jesus. Quem viver verá. [ALM]

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Related Posts with Thumbnails
Related Posts with Thumbnails
BlogBlogs.Com.Br